Conhecimento

NossosConteúdos

Saiba o que rolou no evento “Inovar é do jogo”, sobre gamificação e colaboração / 24.05.2018

O sucesso de um projeto não tem fórmula secreta, depende de uma série de iniciativas. Mas, quando pessoas criativas, inovadoras e focadas em resultados se unem, às chances são grandes de que os objetivos serão alcançados. Isso ficou claro no dia 23 de maio, quando André Boger, Diretor Conectt, participou do evento “Inovar é do jogo”, ocorrido na TecnoPUC, em Porto Alegre. O evento, organizado pela PGQP (Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade) e mediado por Marcel Ghiraldini, VP Math Marketing, contou com as presenças de Sérgio Roth, gestor do Laboratório de Inovação da ThyssenKrupp, Eduardo Pellanda, professor da PUCRS e consultor especialista em Inovação, e André Pase, professor da PUCRS e consultor especialista em games, para falar de uma solução em gamificação formulada pela união desta equipe para incentivar a colaboração e a inovação dentro da ThyssenKrupp Brasil. Uma parceria por inovação A solução formulada pela Conectt, a PUC-RS e a sucursal brasileira da desenvolvedora internacional de elevadores com fim de incentivar a colaboração e a sugestão de ideias inovadoras para cortar custos e/ou aumentar a produtividade foi desenvolvida de acordo com as ideias da gameficação. Ou seja, mecânicas de jogo em processos operacionais para aumentar resultados e engajamento. [caption id="attachment_30637" align="alignnone" width="1024"] Da esquerda para a direita, Eduardo Pellanda, André Pase, Sérgio Roth, André Boger e Marcel Ghiraldini[/caption] Solução em gamificação O projeto é uma plataforma na qual os colaboradores podem sugerir mudanças nas atividades da empresa buscando mais resultados e menos custo operacional. As ideias mais inovadoras e efetivas dentro da rotina ganham mais “likes” de colegas e investimentos em uma moeda virtual de avaliadores. Por fim, as mais populares vão a um comitê que define sua aplicação. Se ela for posta em prática, seu criador, assim como quem investiu nela, são reconhecidos com compensações e premiações internas. De acordo com os participantes do bate papo, hoje, maior parte das pessoas estão contextualizadas em um ambiente tecnológico e se sentem incentivadas por um contexto de jogo. “A compressão do tempo faz com que a gente incorpore a tecnologia no cotidiano”, comentou André Boger, contextualizando como os avanços tecnológicos aumentam a produtividade, mas também exigem agilidade nos resultados. “Trata-se de uma forma de tornar o trabalho prazeroso para os colaboradores da empresa”, afirmou André Pase. “A gameficação vem com essa ideia de dar um propósito às atividades diárias dentro da empresa”, completou. Incentivando inovação A iniciativa do ambiente de colaboração surgiu da consciência da necessidade de inovar para manter-se competitivo em um ambiente de mudanças cada vez mais abruptas. Como citou André Boger, de acordo com ampla experiência no mercado de TI, processos de desenvolvimento ficam cada vez mais rápidos e novas soluções surgem em uma rotina anual. Mas, afinal, como inovar? Como afirmou Eduardo Pellanda, “se todo mundo é inovador, ninguém é”. Ou seja, é preciso buscar diferenciais, “resolver problemas que ainda não existem”, como afirma Pellanda. A ideia foi completada por Sérgio, que expôs uma situação comum. “Às vezes as pessoas querem que a empresa inove dizendo como inovar”, brincou. De acordo com ele, a inovação vêm de um entendimento do mercado e dos problemas enfrentados. As soluções surgem dessa contextualização, e iniciativas de gamificação incentivam as ideias neste sentido. A inovação não vem do nada. Ela exige a capacidade de realizar uma análise comparativa de sua situação com a de seus concorrentes. Quer saber como fazer seu marketing digital evoluir de maneira a atingir uma situação de maturidade digital e, consequentemente, ter um ambiente produtivo e inovador? Conheça nosso método, o Digital Marketing Maturity Model, clique no banner abaixo!


Veja mais   
Você sabe o que é gamificação e como ela aperfeiçoa a colaboração? / 15.05.2018

Quem trabalha com gestão de equipes certamente já ouviu falar em gamificação, afinal de contas, o conceito foi muito difundido e ganhou status de tendência entre as empresas. Mas, afinal de contas, essa tendência tem valor real no fomento à colaboração a ao trabalho em equipe no ambiente corporativo? Pelas suas características lúdicas que fomentam a busca por resultados através de uma experiência coletiva, e premia esforços em equipe e produtividade, nós dissemos que sim, a gamificação é algo sobre o qual sua empresa deve buscar saber mais. É por isso que desenvolvemos o conteúdo abaixo, descubra o que é gamificação e como uma estratégia lúdica de trabalho em equipe pode ser aplicada em sua empresa! Quer saber muito mais sobre Banco de ideias, inovação e colaboração? Participe do evento Inovar é do Jogo, que ocorrerá no dia 23 de maio das 14h às 18h no Auditório da Assespro-RS (Sala 208, Prédio 96C), na Tecnopuc, em Porto Alegre, e contará com a participação da Conectt.


Veja mais   
Incentive a colaboração e trabalho em equipe com um Banco de Ideias / 10.05.2018

"Colaboração" é palavra-chave em qualquer dinâmica de grupo, daqueles valores que todos sabem serem essenciais para uma empresa e acabam virando jargão. Mas, no final das contas, seu time é mesmo capaz de trabalhar em equipe e gerar ideias de negócios inovadores? Pense bem...se sua empresa não conseguir criar vínculos entre seus diferentes setores, talvez você esteja com sérios problemas. Para evitar situações clássicas de "cada um por si" em seu ambiente corporativo, proporcionando um ambiente arejado e propício para a criatividade e a inovação que tal investir em um Banco de Ideias? Como incentivar seus colaboradores a participarem São vários os motivos que levam os colaboradores de uma empresa a contribuir com um Banco de Ideias. Formalmente, podemos dividir entre motivos intrínsecos, ou seja, motivados por fatores internos, subjetivos, e extrínsecos, motivados por fatores externos, objetivos. Intrínsecos: Altruísmo; senso de eficácia; curiosidade; realização; prazer em partilhar. Extrínsecos Poder; pertencimento; reconhecimento; recompensas; reciprocidade; Visto isso, não custa nada oferecer alguns incentivos para que seus colaboradores compartilhem suas ideias. Mostre que você reconhece o esforço de quem participa com recompensas, faça Um evento na medida para quem quer otimizar processos de colaboração! Quer saber muito mais sobre Banco de ideia, inovação e colaboração? Neste mês de maio, a Conectt participa do evento Inovar é do Jogo, que ocorrerá no dia 23 das 14h às 18h no Auditório da Assespro-RS (Sala 208, Prédio 96C), na Tecnopuc, em Porto Alegre. O evento será mediado por Marcel Ghiraldini, VP Math Marketing, e contará com a participação de Andre Boger, diretor Conectt, que oferecerá insights gerados a partir da sua experiência no desenvolvimento do software Banco de Ideias. Além de Marcel e André, o evento contará com as presenças de Sérgio Roth, gestor do Laboratório de Inovação da ThyssenKrupp Elevadores, Eduardo Pellanda, professor da PUCRS e consultor especialista em Inovação e André Pase, Professor da PUCRS e consultor especialista em games.


Veja mais   
Como aplicar um Banco de Ideias em sua empresa / 08.05.2018

Como já falamos por aqui, o Banco de Ideias é uma solução excelente para incentivar um ambiente de colaboração e trabalho em equipe dentro de sua empresa.Trata-se de uma plataforma de integração dedicada ao compartilhamento de insights e novas ideias entre colaboradores para proporcionar solução criativas e inovadoras e gerar resultados a curto, médio e longo prazo no ambiente de trabalho. Trabalho em equipe em benefício da empresa O Banco de Ideias deve funcionar como um meio no qual colaboradores interajam livremente de modo a trocarem ideias de negócios inovadores. Dessa troca de experiências e colaborações, resultam a inovação e otimização de processos organizacionais, aumentando a produtividade, reduzindo custos, entre outros benefícios. Elementos básicos de aplicação de um banco de ideias O funcionamento de um Banco de Ideias não acontece em um passe de mágica. A aplicação adequada de um ambiente colaborativo entre os diferentes setores de sua equipe depende dos seguintes requisitos: Agilidade: se seu banco de ideias tomar muito tempo de seus colaboradores, isso certamente os afastará; Usabilidade: assim como um site de acesso complicado assusta visitantes, um Banco de Ideias de baixa experiência do usuário irritará seus colaboradores; Simplicidade: não invente a roda, torne a experiência rápida e agradável. É importante que seu time sinta-se à vontade para interagir; Transparência: uma regra preciosa, jamais esconda o jogo. Seja sempre transparente com sua equipe em relação às ideias compartilhadas; Outros: cada caso é um caso. Em sua empresa, não é diferente. Um evento na medida para quem quer otimizar processos de colaboração! Quer saber muito mais sobre Banco de ideias, inovação e colaboração? Neste mês de maio, a Conectt participa do evento Inovar é do Jogo, que ocorrerá no dia 23 das 14h às 18h no Auditório da Assespro-RS (Sala 208, Prédio 96C), na Tecnopuc, em Porto Alegre. O evento será mediado por Marcel Ghiraldini, VP Math Marketing, e contará com a participação de Andre Boger, diretor Conectt, que oferecerá insights gerados a partir da sua experiência no desenvolvimento do software Banco de Ideias. Além de Marcel e André, o evento contará com as presenças de Sérgio Roth, gestor do Laboratório de Inovação da ThyssenKrupp Elevadores, Eduardo Pellanda, professor da PUCRS e consultor especialista em Inovação e André Pase, Professor da PUCRS e consultor especialista em games. Inscreva-se já e participe do evento Inovar é do Jogo!


Veja mais   
Modernize seu ambiente de trabalho e a produção do seu time / 27.07.2017

Não é novidade alguma que os panoramas que regem processos tecnológicos dentro de grandes empresas geraram mudanças significativas desde o final do século XX, quando aspectos digitais eram aos poucos inseridos neste contexto. Hoje, qualquer negócio que busque um posicionamento conciso precisa estar em dia com a Transformação Digital. Ou seja, é preciso adotar abordagens táticas de TI como Digital Workspace e Internet das Coisas para não ficar para trás em termos de inovação e desenvolvimento. Mas, afinal de contas, quais são as ideias que referenciam diretrizes para este complexo novo universo, marcado por constantes novidades? A seguir, analisaremos alguns destes conceitos, confira! As perspectivas da “Internet das Coisas” Um dos frutos desta transformação digital pela qual passam as tecnologias, cada vez mais adequadas à ideia de troca e armazenamento de informações, é a Internet das Coisas (IoT – do inglês “Internet of Things”), que proporcionou novos panoramas de interação ao criar formas de transferências de dados para nuvem através de dispositivos de uso cotidiano. Seja por Rádio (RFID), Bluetooth ou Comunicação por Campo de Proximidade (NFC), a Internet das Coisas permite que devices diversos “informem” uns aos outros sobre suas operações, otimizando processos de maneira inteligente sem demandar grandes esforços administrativos por parte de seus operadores. Por si só, sua existência soluciona inúmeras questões relacionadas à automatização de processos, seja em caráter residencial e privado, ou no ambiente empresarial. Digital Workspace – um novo panorama de colaboração Às vistas de um contexto de fortalecimento e protagonismo do mobile e da Internet das Coisas, não é ousadia afirmar que o futuro das empresas se encaminha para a adoção de um formato “Digital workspace”, em dia com as demandas complexas de um mundo digitalizado com cada vez mais participação de dispositivos móveis e com as novas necessidades de trabalho dos colaboradores, que ganham status de profissionais mobile. Profissionais mobile? Ora, é uma questão de contexto: se outrora a necessidade de manter-se em constante contato com outros membros da equipe tornava a relação com clientes impessoal – já que tinha que ser feita à distância – hoje, é comum que colaboradores tenham um caráter remoto, priorizando uma aproximação mais humanizada e pessoal com clientes. É certo que hoje qualquer pessoa tem acesso à inúmeros aplicativos dedicados à comunicação disponíveis através de dispositivos variados: Messenger, WhatsApp, Telegram, Skype (no modo pessoal ou na versão Skype for Business), entre outros. Aliando isso à possibilidade de armazenamento em nuvem, temos uma vasta gama de possibilidade de troca de informações à distância entre equipes de maneira segura e organizada. Em dia com os novos paradigmas Como pudemos ver, as novas perspectivas proporcionadas pela tecnologia são mais complexas do que qualquer futurólogo do século passado poderia imaginar. Em tal cenário, é imperativo que o ambiente de uma empresa robusta se mantenha em dia com as inovações tecnológicas, como Internet das Coisas e Digital Workspace sob o risco de ficar para trás caso deixe de levar estes parâmetros em conta. Inove e faça sua empresa se destacar!


Veja mais   
Colaboração no Office 365 – Yammer ou Microsoft Teams? / 10.07.2017

O volume e a complexidade das tarefas executadas diariamente em uma empresa tornam imperativo que se encontrem formas de facilitar a interação entre as diversas mãos envolvidas nos processos. Neste contexto amplamente funcional, entram em jogo ferramentas que otimizam a comunicação e a mão de obra coletiva em torno das atividades em equipe. Curiosamente, duas das plataformas mais populares foram desenvolvidas pela Microsoft: o Microsoft Yammer e o Microsoft Teams, utilitários do Office 365 que cumprem funções aparentemente semelhantes, mas com operacionalizações distintas. Mas, afinal, como escolher a melhor opção para sua empresa? A seguir traçaremos um dossiê completo sobre ambas as plataformas, confira! Microsoft Teams – soluções integradas ambientadas na nuvem Lançado no final de 2016, o Microsoft Teams foi sedimentado a partir da nuvem global do Office 365 e oferece serviço integrado aos aplicativos do Office. Microsoft Teams – características e capacidades Criação de grupos de trabalho. Dentro dos grupos criados pode-se ter conversas personalizáveis ​​para cada equipe. Os usuários podem agendar, visualizar e atualizar suas Reuniões e podem visualizar o Calendário das Equipes . Área de trabalho: mensagens com anexos e reuniões em um espaço virtual em tempo real. A visão de atividade em Equipes torna simples ver todas as conversas individuais e de equipe que você possui. Vantagens do Microsoft Teams Compartilhar pastas: faz integração de computadores com bibliotecas SharePoint Tempo real: troca de mensagem instantânea com os membros de uma equipe, sendo salva para leitura posterior. Aplicação multi-plataforma: disponível para Windows, MacOS, iOS e Android. Canais: os canais são uma ótima maneira de ter conversas sub-tópicos com um grupo menor de usuários sem criar uma nova equipe. Tabs: com a extensibilidade da aba, os usuários podem adicionar uma guia para outros serviços de acordo com as necessidades. Se você estiver usando serviços de terceiros como o Trello para tarefas, é fácil adicionar isso em vez do Planejador. Pontos negativos: Limite de 600 membros Usuário externo não interage Administração básica Não há permalinks Compartilhamento de arquivos básicos Yammer – uma rede social personalizada para sua empresa Outro utilitário integrado ao Office 365, o Yammer basicamente transportou as funcionalidades das redes sociais para o ambiente corporativo, utilizando tudo aquilo que poderia servir aos interesses dos colaboradores de diferentes setores de uma empresa em operações compartilhadas. Yammer – características e funcionalidades Rede Social: publicação de conteúdo de forma interativa Push Notifications: Receba alertas em tempo real para novas mensagens Através da plataforma, o empregado pode se comunicar com sua equipe e colegas da organização, por meio de grupos (privados e públicos), é possível criar um espaço on-line dedicado ao contato com redes externas, como parceiros, clientes e fornecedores. O Yammer cumpre a função de um quadro de avisos digital para toda a organização Vantagens do Yammer: Rede social: layout similar ao Facebook para organizações internas, os usuários estão familiarizados com a forma de usá-lo para se envolver com os outros em sua vida pessoal. Toda a empresa: Os posts podem ser de qualquer pessoa e todos podem ver essas postagens e interagir a elas. Você pode criar grupos públicos ou privados para usuários específicos. Marcação: o recurso de marcação de tópicos em conversas ajuda os usuários a encontrar conversas por palavras-chave. Pesquisas: pode criar pesquisas para obter feedback de forma estruturada. Pontos negativos: Feed da Rede Social e Email com entrada única Controles: não há filtros de controle nas postagens Dificuldade dos usuários em encontrar informações. Estas são os prós e contras do Microsoft Teams e do Yammer. E então, conseguiu decidir qual é o melhor para sua empresa? Deixe seus insights no nosso espaço de comentários!


Veja mais