Conhecimento

NossosConteúdos

O que é o SharePoint Modern e por que eu deveria migrar? / 22.10.2019

Saiba tudo sobre o SharePoint Modern e como essa tecnologia pode melhorar os seus resultados! O SharePoint chegou ao mercado no fim de 2002 e de lá para cá evoluiu com novos recursos introduzidos na plataforma até a sua versão Online no Office 365. Normalmente disponibilizado na versão On-Premise, o SharePoint revolucionou a maneira como as pessoas lidavam com documentos desde o lançamento. Hoje, muitas delas conhecem o SharePoint como o portal da empresa. Entretanto, alguns recursos ficaram ultrapassados na versão On-Premise, pois dependiam de uma atualização manual que nem sempre era executada por ser pouco intuitiva. Inclusive, muitos problemas de usabilidade podem ocorrer nas versões antigas (ou a versão clássica, como chamamos hoje). Mas na versão online surgiu aquilo que chamamos de Experiência Moderna (do inglês Modern), o que taxou as versões antigas do SharePoint com o termo Experiência Clássica. A experiência na tecnologia SharePoint Modern foi pensada na praticidade do usuário e em uma intranet mais simples. Logo, sem a necessidade de customizações extremas para se adequar ao padrão de design das empresas. Essa novidade é completamente inovadora para o usuário, tendo diferenças facilmente perceptíveis se compararmos com a versão clássica. Edição de Páginas no Sharepoint Moderno A edição de páginas é o ponto que mais se destaca na novidade. Com as Modern Web Parts facilmente editáveis e esteticamente agradáveis, você pode editar páginas com o conteúdo desejado em poucos minutos. Além disso, a nova versão é mobile-friendly, logo, o conteúdo é adaptável à tela de um smartphone e pode ser acessado no seu celular a qualquer momento. A edição de páginas é visivelmente mais moderna e intuitiva, como pode ser visto abaixo: Edição no modo clássico: Edição no modo moderno: Além disso, podemos ver a clara diferença entre a estética clássica e a moderna. A experiência na biblioteca também foi otimizada, pois os botões comumente utilizados foram clareados. Além disso, a versão moderna possibilita: Edição rápida e fluída de documentos;Compartilhamento e edição em conjunto com colegas ou usuários externos;Histórico de edições de arquivos;Sincronização do OneDrive em qualquer navegador;Diversas integrações com o Microsoft Flow para automatização de tarefas;Criação de dashboards alimentados com Power BI a partir de uma planilha do Excel. Nessa nova versão temos um layout muito parecido com aquele utilizado no Teams, o software de comunicação padrão da Microsoft. Assim, são contempladas diversas integrações entre o conteúdo hospedado no SharePoint e o exibido nas abas e grupos do Teams. Por que eu deveria migrar para o SharePoint Modern? Cada vez mais as empresas estão interessadas em espaços de trabalho intuitivos, voltados para geração de resultados e sem muita burocracia. E o SharePoint Modern chegou ao mercado para revolucionar o que conhecemos como intranet, tornando-a mais intuitiva e simples. Tanto para quem faz conteúdo, quanto para aqueles que o utilizam! Afinal, ele cumpre todas as expectativas com uma usabilidade descomplicada e fluida, aumentando a produtividade geral. Tendo páginas visivelmente mais bonitas e uma biblioteca com diversas automações, migrar para essa nova experiência SharePoint é um passo para um ambiente de trabalho moderno e acessível. O SharePoint Modern tem como principais vantagens em relação ao clássico: ⦁    Facilidade de adicionar Webparts e sites visivelmente mais bonitos; ⦁    Mobile Friendly; ⦁    Flexibilidade e organização; ⦁    Biblioteca de arquivos com botões mais claros; ⦁    Histórico de edição de arquivos; ⦁    Integrações com Flow através de Power BI; ⦁    Sincronização com OneDrive em qualquer navegador; ⦁    Usabilidade que gera maior produtividade; ⦁    Layout parecido com Microsoft Teams.


Veja mais   
Saiba como o Microsoft Teams pode revolucionar o seu negócio / 17.10.2019

Entenda como a plataforma completamente centralizada do Microsoft Teams pode aumentar a produtividade do seu empreendimento, gerando ações mais eficazes. Trabalhar com uma plataforma integrada que centralize toda a troca de informações em uma equipe é o ideal para aumentar a produtividade de um negócio. Afinal, tudo funciona de maneira muito mais eficaz se todos os colaboradores souberem onde os dados estão, podendo visitá-los rapidamente, que é como acontece no Microsoft Teams. A plataforma lançada em 2016 já conta com mais de 3 milhões de times criados, tendo mais de 200 mil empreendimentos que a utilizam. Essa adoção em massa pode ser explicado porque ao usar a ferramenta, não é preciso ter diversos arquivos em ferramentas diferentes e procurar por muitos e-mails para entender como determinadas tarefas estão progredindo. O Teams é um aplicativo que centraliza toda a comunicação de um negócio.  Com ele, a sua empresa terá à disposição funcionalidades relativas a troca de mensagens, armazenamento de arquivos, vídeo conferências, redes sociais, integrações com outros produtos da Microsoft e muito mais. Ou seja, ele basicamente é um espaço de trabalho virtual do negócio. Ao trabalhar com essa ferramenta, a sua companhia pode substituir o Skype for Business (que está com data prevista para descontinuação para 2021), utilizando uma solução mais completa e voltada para o ambiente empresarial. E o melhor: de maneira completamente segura e personalizável. Afinal, o software conta com informações criptografadas e oferece a personalização do produto para cada equipe. Além disso, vale ressaltar que o Microsoft Teams é completamente integrado ao Office 365, ajudando empresas que trabalham com esse serviço. Isso porque todos os dados importantes para o negócio estarão centralizados e dispostos em um mesmo ambiente, fazendo com que os colaboradores não percam muito tempo procurando arquivos. Como o Microsoft Teams funciona? Devido à essa integração, todos os processos empresariais podem ser feitos dentro do Microsoft Teams. Sendo assim, gestores e funcionários podem acessar dados (desde que tenham permissão para isso) em um mesmo local. Você pode fazer apresentações sobre um novo projeto em uma chamada de vídeo com algumas pessoas da equipe, gravar essa mesma chamada no Microsoft Stream, definir prazos e tarefas (organizando tudo na agenda do Outlook ou Planner), detalhar informações sobre cada atividade com o OneNote, discutir posteriormente nos chats, criar fluxos de trabalho e gerenciar toda a rotina do Microsoft Sharepoint. Ainda há a possibilidade de integrar o Teams a bots que podem fazer diversas funções. É possível configurá-los para responder questões da sua equipe sobre o aplicativo (substituindo FAQs) e até mesmo optar pelo Statsbot, especialista em análise de relatórios extraídos de várias fontes como o Google Analytics e SalesForce. Além de inúmeros bots, também é possível programar robôs que executem funções definidas pelo seu empreendimento, como pedidos internos de férias, folgas, reembolsos, entre outros. Assim, é possível criar bots que funcionem a partir da lógica de programação linear (modelo no qual cada comando mostra uma resposta) ou da inteligência artificial. Por fim, ainda possibilita a integração com outras aplicações externas que auxiliem o trabalho das equipes. É possível, por exemplo, integrar o Twitter para que os seus funcionários interajam na rede social ou o Trello e organizem pequenas demandas a partir das funcionalidades disponíveis na ferramenta. Outras funcionalidades Além da agilidade na troca de informações com as chamadas de vídeo e da organização de tarefas com a agenda do Outlook e o workflow do SharePoint, o Microsoft Teams também tem outras funções muito interessantes. Dentre elas, as principais são a sua busca integrada e o histórico de arquivos. Com a busca integrada, você consegue encontrar informações em conversas, arquivos ou grupos rapidamente. Sendo assim, a sua empresa não sofre com a perda de dados que poderiam estar em quaisquer ambientes virtuais. Afinal, tudo está centralizado, bastando procurar em um local que fará a busca por toda a plataforma. Enquanto isso, o histórico de arquivos mantém tudo organizado para que você encontre o que for preciso na versão mais atualizada possível. Dessa forma, o empreendimento também não tem problemas relativos ao backup de dados muito antigos que podem não servir para um determinado projeto. O Microsoft Teams pode revolucionar os processos da sua empresa ao agilizar a comunicação e centralizar as informações. Isso, por sua vez, aumentará a produtividade, impulsionando os lucros do negócio como um todo. Conheça agora a tecnologia e melhore os resultados do seu negócio!


Veja mais   
O que é a ferramenta Microsoft Delve? / 15.10.2019

Veja como o Microsoft Delve ajuda você a gerenciar seu perfil do Office 365, além de acessar e organizar informações relevantes. O Microsoft Delve é uma ferramenta disponibilizada no pacote do Office 365 cujo objetivo é ser uma central de colaboração e organização da informação entre os usuários da sua empresa. Por baixo dos panos, o Delve utiliza a nova Graph API da Microsoft, que permite, entre outras possibilidades, conectar documentos e informações de uma maneira muito mais inteligente. Isso porque conecta inúmeros serviços da Microsoft, desde o Outlook até a plataforma SharePoint. Serviços conectados pela Graph API Em cima disso, o Microsoft Delve é capaz de oferecer uma colaboração muito mais relevante e ágil do que possuíamos até então na suíte Office. Os dados acabavam muito fragmentados, com um pouco de informação nas caixas de e-mail, outro tanto no SharePoint e talvez um pouco mais no OneDrive for Business dos colaboradores. Microsoft Delve permite colaboração em documentos Ao acessar o Delve, por meio da URL https://delve.office.com, cada usuário é apresentado a uma página inicial, que possui um agregador de documentos de todas as fontes que citamos acima (SharePoint, OneDrive e Outlook). Exemplo de home do Delve Na medida em que os usuários vão interagindo com os documentos, tanto através da leitura ou edição quanto das funcionalidades de Favoritar que o próprio Microsoft Delve oferece, a Graph API aumenta a relevância dos documentos que são úteis para você e para a sua equipe, e organiza o conteúdo de maneira mais inteligente. Descoberta de pessoas Outra grande funcionalidade do Delve é a possibilidade de poder buscar por colaboradores na mesma organização pelos mais diferentes critérios, como formação e experiências, além de informações básicas, como Nome e Departamento, a que já estamos familiarizados por meio de outras ferramentas. Ainda falando sobre pessoas, os perfis dos usuários são bastante personalizáveis, abrangendo inúmeras informações: experiência profissional, hobbies, entre outras informações interessantes. Graças à Graph API, essas informações podem ser utilizadas para aprimorar outros serviços da plataforma, como, ao trocar sua foto de perfil dentro do Delve, ela ser exibida também no seu perfil dentro de outros produtos do Office 365. Alteração de imagem do perfil Segurança Já vimos então que o Delve possui acesso a uma infinidade de informações, mas como fica a segurança de todos esses dados? Pois saiba que a Microsoft possui uma forte preocupação com os dados da informação que é compartilhada no Delve. No caso de documentos que estão hospedados dentro do SharePoint, por exemplo, apenas os documentos a que o usuário possui acesso de leitura são exibidos na página inicial do Delve. Arquivos que possuem permissões exclusivas para um grupo de usuários serão exibidos apenas no Delve destes usuários específicos. A mesma regra vale para documentos hospedados no OneDrive for Business. Os documentos que serão exibidos são aqueles do OneDrive pessoal do usuário ou documentos que outros usuários compartilharam com ele por meio de seus próprios drives. Multiplataforma Assim como outros produtos da Microsoft, o Delve está presente nas três principais plataformas mobile: Android, iOS e Windows. Todas as informações são compartilhadas entre essas plataformas e o aplicativo web. Conclusão O Microsoft Delve é uma ferramenta bastante curiosa à primeira vista, mas logo que você põe as mãos nela é possível entender seu valor. A partir dele é possível acessar o histórico dos últimos documentos que abriu, além de receber sugestões de documentos que talvez você deva acessar e acompanhar. Por fim, a busca do Delve centraliza informações de todas as pessoas de sua empresa, assim como dos documentos, possibilitando encontrar arquivos dentro do SharePoint, OneDrive e dos anexos de seus e-mails. Com certeza, com esses recursos a sua produtividade pode decolar graças a um local único e centralizado de informações de documentos e de colegas de trabalho.


Veja mais   
O que é o Microsoft Stream? / 08.10.2019

Descubra as possibilidades do Microsoft Stream, o serviço de vídeo corporativo com recursos de inteligência artificial. O Microsoft Stream é um serviço de gerenciamento e compartilhamento de vídeo corporativo, com recursos de inteligência artificial (IA). Nele, as pessoas que pertencem à sua organização podem carregar, exibir e compartilhar vídeos. Isso permite uma comunicação mais fácil e conectividade em um ambiente seguro que é projetado para buscar e encontrar conteúdo de maneira rápida e eficiente. Ele é o sucessor do vídeo do Office 365. A principal diferença entre os serviços é que o vídeo do Office 365 aproveitava o SharePoint Online para infraestrutura e armazenamento. Já o Microsoft Stream é criado desde o início no Azure. Qualquer pessoa pode pesquisar vídeos facilmente e consumi-los em seus dispositivos, a qualquer hora e em qualquer lugar. Você pode compartilhar gravações de aulas, reuniões, apresentações, sessões de treinamento ou outros materiais audiovisuais que auxiliam a colaboração da sua equipe. Por que usar o Microsoft Stream? Assim como no YouTube, os usuários podem assistir a um vídeo online, comentar nele, curtir e até compartilhá-lo. À primeira vista, os vídeos parecem estar incorporados a um player típico, com título e descrição, além da capacidade de compartilhar, curtir e adicionar a uma lista de observação. Mas o Stream leva a mídia da empresa para o próximo nível ao inserir inteligência artificial no mix para melhorar a maneira como consumimos o conteúdo visual. Confira a lista dos principais recursos relacionados à IA integrada no serviço: Pesquise texto ou palavras faladas dentro dos vídeos;A análise de texto é usada para transcrever vídeos. Uma transcrição completa aparece à direita de cada vídeo, incluindo a hora em que a frase foi dita. Ao clicar em uma frase, o usuário é levado até aquele momento no vídeo;Aprimore a acessibilidade para todos com legendagem oculta (CC);Veja todas as pessoas que estão falando e avance para onde elas aparecem no vídeo;A pesquisa via detecção facial é uma característica interessante do novo produto. O Microsoft Stream analisa vídeos e detecta os rostos que aparecem neles. Uma linha do tempo é criada para cada face detectada e uma marca na linha do tempo indica quando cada pessoa aparece. Ao clicar na linha do tempo, o usuário é levado até aquele momento no vídeo;Assista ao vídeo enquanto exibe ou pesquisa a transcrição;Pesquisa de transcrição e timecodes permitem que os visitantes encontrem rapidamente momentos importantes em um vídeo;Descubra uma variedade de conteúdo sem contar com metadados. Figura 1: Todas as pessoas que estão falando e quando elas aparecem no vídeo. Mais recursos: Pesquise, exiba e compartilhe vídeo nas ferramentas que você mais usa;Todos na empresa podem criar e contribuir com conteúdo;Aumente o engajamento com curtidas, compartilhamentos e comentários;Compartilhe conteúdo de forma segura em toda a organização com criptografia interna;Obedeça aos regulamentos com conformidade interna;Permita que os usuários definam suas próprias permissões usando o Azure Active Directory;Funciona perfeitamente com o Office 365 e suas aplicações. Como posso usar o Microsoft Stream? Os produtos Microsoft fazem um ótimo trabalho quando usados juntos. Se você quiser publicar um vídeo em destaque em um site do SharePoint, por exemplo, basta incorporar uma Web Part de fluxo na página que aponte para o vídeo. Nota: os vídeos incorporados desta forma não incluem detecção facial e transcrições. O PowerPoint também permite exportar uma apresentação para o Stream. Essa exportação faz o upload da apresentação para o Stream e a torna executável. Como alternativa, na ferramenta Microsoft Teams você também poderá criar uma guia "Fluxo" e incorporar seu vídeo lá. Isso é útil em situações que envolvem um canal de produto ou serviço que também utiliza vídeo. As organizações que usam o Yammer também podem publicar vídeos para apresentá-los a toda a organização. Experimente esse serviço de vídeo O Microsoft Stream é um hub de vídeo corporativo com recursos de inteligência artificial (IA) projetados para ajudar você a encontrar conteúdo de maneira rápida e eficiente. A interface é rica e moderna, oferecendo aos usuários uma experiência de resposta semelhante à dos sites de vídeo mais modernos e populares. Além disso, sua integração com outros produtos da Microsoft permite que você consuma e distribua conteúdo facilmente com as ferramentas a que já tem familiaridade. É um serviço muito promissor e que passa a ser uma opção a outros serviços como o YouTube, servindo a um mesmo propósito, porém com um foco diferenciado.


Veja mais   
Office 365: Confira as novidades de 2019 / 01.10.2019

Conheça as melhorias no Office 365 propostas pela Microsoft a partir de agosto de 2019. A Microsoft lançou recentemente uma série de melhorias para o Office 365. Entre essas mudanças de agosto de 2019, detalhamos a seguir os principais aprimoramentos feitos no pacote, divididas em três categorias: segurança, usabilidade e performance. Melhorias de Segurança Outlook Web – Gerenciamento da Sessão de Autenticação Esta nova funcionalidade permite aos administradores controlarem a frequência com que cada conta deva inserir seu usuário e senha, além de tornar possível configurar se a sessão do usuário continuará válida depois que o Outlook Web for fechado. Desse modo, será oferecida maior segurança e controle para a equipe de Infraestrutura e Suporte. Office 365 vai retirar o TLS 1.0 e 1.1 a partir de 1º de junho de 2020 em ambientes globais Conforme comunicado anteriormente, a Microsoft está migrando todos os seus serviços online para o protocolo TLS 1.2 e deixando de suportar as versões anteriores. O protocolo TLS 1.2 fornece uma criptografia melhor em relação às versões anteriores, garantindo mais segurança no tráfego das informações. Mas e como isso afeta os usuários? A partir de 1º de junho de 2020, todas as conexões do Office 365 que usam os protocolos TLS 1.0 e 1.1 vão parar de funcionar. É importante enviar um lembrete e avisar os clientes que dependem de TLS 1.0 e 1.1 de que eles precisam se atualizar, caso contrário não conseguirão acessar o Office 365 a partir da data limite de 1º de junho de 2020. E como se preparar para a mudança? É necessário atualizar ou substituir os clientes ou dispositivos que dependam dos protocolos TLS 1.0 ou TLS 1.1 para conseguir se conectar ao Office 365 antes de 1º de junho de 2020. Moderação nos canais do Teams Com este recurso será possível aos administradores ativar a moderação para um canal e controlar quem pode realizar novas publicações e responder a elas. Os administradores também poderão adicionar membros do canal como administradores, permitindo que eles controlem e configurem as permissões do canal. Por padrão, este recurso virá desativado, mas você poderá ativá-lo por meio das permissões do canal. Melhorias de Usabilidade Rodapé para sites de comunicação do SharePoint Com este recurso será possível alterar o rodapé do site diretamente pelo navegador, utilizando elementos de HTML ou APIs, personalizando do modo que quiser. Não é necessário realizar nenhuma alteração nos sites que já existentes, apenas executar um script de PowerShell para habilitar o recurso. A partir deste momento se tornará possível configurar o rodapé dos sites de maneira mais rápida e simples. Outlook Web – Nova experiência de compartilhamento de arquivos na nuvem O Outlook Web está atualizando a maneira como você compartilha documentos na nuvem do OneDrive e do SharePoint. Agora quando você cola um link para um arquivo do OneDrive ou do SharePoint em uma mensagem, ele o substituirá pelo nome do arquivo e o ícone correspondente do aplicativo do Office. Esse link também permitirá que você gerencie permissões para o arquivo. A Microsoft começou a implementar gradativamente este recurso a partir de julho de 2019 e a implantação será concluída em todo o mundo até o final de setembro do mesmo ano. Atualização de páginas e criação de notícias A Microsoft vai lançar um pacote de melhorias que facilitará a criação e edição de páginas no SharePoint. Desfazer/Refazer: Assim como temos nos aplicativos do Office, também teremos as opções Desfazer (CTRL+Z) e Refazer (CTRL+Y) disponíveis na edição das páginas do SharePoint. Importante: depois de salvar ou publicar sua página, você não poderá mais desfazer as alterações anteriores. Arraste e solte arquivos na tela: Adicionar arquivos às páginas será um processo muito simples. Será possível arrastar e soltar arquivos diretamente para a página, e o SharePoint adicionará automaticamente o visualizador de arquivos, carregando o arquivo na biblioteca de documentos do SharePoint. Novas seções verticais: As páginas modernas agora podem ter seções verticais. Recomendações/Conteúdo Relacionado Páginas e notícias agora podem incluir uma Web Part mostrando conteúdo relacionado e recomendado. As páginas são sugeridas com base nas tendências e personalização derivadas do Microsoft Graph. Melhoria de Performance Melhorando o desempenho dos usuários do office.com removendo o redirecionamento portal.office.com A Microsoft está atualizando e melhorando o desempenho dos usuários do office.com, removendo o redirecionamento portal.office.com. O objetivo desta mudança é melhorar o desempenho do carregamento da página para os usuários do office.com e do portal.office.com, removendo qualquer redirecionamento especial e fazendo assim com que o usuário seja direcionado diretamente e mais rapidamente para o seu destino do office.com.


Veja mais   
Yammer: Conheça a rede social da Microsoft que simplifica o trabalho em equipe / 24.09.2019

O que é o Yammer? O Yammer é uma plataforma para informar e engajar os colaboradores de toda a empresa. A ferramenta atua como uma grande central de notícias e conversas que podem ser propagadas tanto pela organização quanto pelos próprios colaboradores. Por meio dela, comentários e interações são mantidos de maneira centralizada e intuitiva. De um modo geral, é uma rede social direcionada para que a sua empresa utilize internamente com todos os seus colaboradores, tendo como principal objetivo a promoção de campanhas e materiais de divulgação por meios mais informais e com amplo alcance. Um pouco de história O Yammer já possui mais de 10 anos de história atuando como uma rede social corporativa. Foi adquirido pela Microsoft em 2012, sendo necessário o investimento de 1,2 bilhão de dólares na época. Desde então, vem acompanhando a evolução das empresas que buscam atender às mudanças e necessidades do mercado, empoderando os colaboradores com o apoio da tecnologia. Momento atual O Yammer está no ápice de seu investimento pela Microsoft. Nunca antes foi investido tanto para seu crescimento e aprimoramento. Portanto, é possível depositar nele a expectativa de que a ferramenta possa ser implantada com metas de médio e longo prazo. Uma vez implantada, o objetivo principal da ferramenta seria o engajamento e o compartilhamento de informação para toda a organização. Isso ocorre por meio de seus principais pilares: inclusão, preservação de contexto, não ser invasivo e ter fácil uso. Pilares do Yammer: Inclusão: utiliza um modelo de comunicação assíncrona, permitindo aos usuários contornar os silos organizacionais de conhecimento em um ambiente aberto;Preserva o contexto: as conversas e interações são orientadas a threads e grupos, possibilitando uma disposição do conteúdo muito mais organizada e mais compreensível;Não invasivo: as informações são organizadas e distribuídas de maneira adequada, sem invasão e notificações perturbantes;Fácil uso: dispõe de uma interface familiar, com curtidas, GIFs, vídeos e fotos suportados nativamente. Integrações disponíveis Temos a possibilidade de utilizar o controle colaborativo do SharePoint, bem como as facilidades do Teams, totalmente em conjunto com o sistema. Isso torna a plataforma muito mais completa para uso em várias frentes. Mas e o futuro do Yammer? O objetivo do Yammer é ser um hub de informações, reuniões, notícias e tudo mais que for necessário para o funcionamento e engajamento de sua empresa. As possibilidades de aumento de engajamento dos usuários são inúmeras. Sendo assim, novas formas estão sendo analisadas e implementadas. Há possibilidades de investimentos em outras ferramentas via APIs do Yammer, assim como exemplos reais de utilização dele com o CRM Microsoft Dynamics 365 ou Salesforce na comunicação de oportunidades. Além disso, teremos a possibilidade da criação de canais mais direcionados para comunicações e até mesmo discussões que podem durar muito mais tempo do que um simples post informativo. E, por fim, será possível ter uma integração completa com a plataforma Microsoft 365


Veja mais