Conhecimento

NossosConteúdos

Conheça os principais motivos de atrasos no desenvolvimento de sites / 18.05.2018

Dentro do contexto do desenvolvimento de websites, atrasos no cronograma ocorrem com frequência. As diversas atividades envolvidas ao criar um site demandam ações em áreas distintas da empresa, como programação, design, marketing, etc., e exigem uma mobilização abrangente da força de trabalho. Consequentemente, sem o planejamento necessário, o projeto não será entregue na data definida. Ambição exagerada Veja bem, não estamos falando aqui que você não deve buscar o melhor website para as necessidades de sua empresa. O que estamos dizendo é que...você deve buscar o melhor site para as necessidades de sua empresa, ponto final. Brincadeiras à parte, o que queremos dizer é que as demandas devem ser realistas e adequadas à parceria firmada com a empresa desenvolvedora. Pedir novos elementos a todo instante irá atrasar – e muito! – o processo de desenvolvimento de seu site. Com o planejamento necessário, você e sua fornecedora de suporte não cairão em armadilhas, focando apenas nas ferramentas necessárias para o sucesso de seu website. Colaboradores desmotivados Isso se dá, em caráter interno, por uma falta de esclarecimento de prioridades. Muitas vezes, colaboradores de diferentes setores veem o projeto do website como uma tarefa secundária às suas atividades do dia a dia. Assim, suas entregas relacionadas ao site corporativo passam a ser vistas até mesmo como um empecilho que o impede de focar no atendimento a outras demandas. Uma informação importante: o atraso em uma atividade afetará todo o cronograma previsto pela sua empresa fornecedora de serviços de suporte. Agora imagine se todos os setores de sua empresa atrasarem em suas diferentes entregas ao projeto do novo website. Às vezes, algo que parece ínfimo, como o envio de uma imagem, pode trazer um prejuízo de 24h para o projeto. Por isso é muito importante que todos estejam cientes de suas responsabilidades, assim como da importância do novo website para a empresa como um todo. Suporte desqualificado Infelizmente, às vezes o problema pode estar justamente na especialização dos serviços oferecidos pela sua prestadora de suporte web. Veja bem, não estamos falando em qualidade, mas sim em estrutura e perfil. Já é clichê dizer que “o barato sai caro”. Mas aqui, o jargão se aplica. Desnecessário dizer que um serviço “barato”, quando não gratuito (já falamos por aqui destes sites que oferecem desenvolvimento de sites grátis), muitas vezes não será feito com o cuidado e a adequação necessária às suas necessidades, gerando atrasos no cronograma. Assim como serviços baratos podem não ter o escopo necessário para sua empresa, às vezes fornecedoras robustas não são capazes de entregar o que você precisa. Choques entre as culturas empresariais, atendimento distante (o que ocorre comumente em empresas que atendem a muitos clientes simultaneamente), são vários os motivos que atrasam um projeto em situações do tipo. Por isso, é importante avaliar cuidadosamente a empresa que você adotará como parceria para seu projeto de website. Uma tarefa complicada, é verdade, mas que pode ser muito facilitada com nosso Checklist de avaliação de fornecedores de suporte. Baixe agora e confira!


Veja mais   
Você sabe o que é Banco de Ideias? Conheça! / 24.04.2018

Quer ter soluções criativas e inovadoras, que integrem seus colaboradores e fomentem o surgimento de NOVAS IDEIAS? Aposte em um Banco de Ideias! A ferramenta é caracterizada por seu alto impacto tecnológico, fomentando a criação de novos produtos, processos, serviços, parcerias e negócios para sua empresa. Saiba Mais! Entenda o que é um Banco de Ideias! Quer ter acesso a mais soluções para integrar e inovar em sua empresa? Clique abaixo e conheça o Banco de Ideias


Veja mais   
[Infográfico] Desenvolvimento de software: Scrum ou Kanban? / 24.08.2017

Ao encarar a etapa de desenvolvimento de software de uma empresa, esperamos agilidade e resultados potentes. Promessas de ambos os métodos mais conhecidos: Scrum e Kanban. Mas, afinal, qual chega mais próximo a entregar o que propõe? Qual o melhor para a estrutura de sua empresa? No infográfico abaixo, produzido originalmente pelo site Just a Blog e adaptado para a língua portuguesa pelo blog Conectt, apresentaremos dados para que você decida qual o método de desenvolvimento de software mais adequado para sua empresa. Confira! Temos certeza que este infográfico foi muito útil para sua decisão. Mas conhecimento nunca é demais. Conheça o Business Canvas, uma metodologia usada para criação, concepção e pré-planejamento normalmente colaborativo de um projeto. Basta clicar no banner abaixo!


Veja mais   
Modernize seu ambiente de trabalho e a produção do seu time / 27.07.2017

Não é novidade alguma que os panoramas que regem processos tecnológicos dentro de grandes empresas geraram mudanças significativas desde o final do século XX, quando aspectos digitais eram aos poucos inseridos neste contexto. Hoje, qualquer negócio que busque um posicionamento conciso precisa estar em dia com a Transformação Digital. Ou seja, é preciso adotar abordagens táticas de TI como Digital Workspace e Internet das Coisas para não ficar para trás em termos de inovação e desenvolvimento. Mas, afinal de contas, quais são as ideias que referenciam diretrizes para este complexo novo universo, marcado por constantes novidades? A seguir, analisaremos alguns destes conceitos, confira! As perspectivas da “Internet das Coisas” Um dos frutos desta transformação digital pela qual passam as tecnologias, cada vez mais adequadas à ideia de troca e armazenamento de informações, é a Internet das Coisas (IoT – do inglês “Internet of Things”), que proporcionou novos panoramas de interação ao criar formas de transferências de dados para nuvem através de dispositivos de uso cotidiano. Seja por Rádio (RFID), Bluetooth ou Comunicação por Campo de Proximidade (NFC), a Internet das Coisas permite que devices diversos “informem” uns aos outros sobre suas operações, otimizando processos de maneira inteligente sem demandar grandes esforços administrativos por parte de seus operadores. Por si só, sua existência soluciona inúmeras questões relacionadas à automatização de processos, seja em caráter residencial e privado, ou no ambiente empresarial. Digital Workspace – um novo panorama de colaboração Às vistas de um contexto de fortalecimento e protagonismo do mobile e da Internet das Coisas, não é ousadia afirmar que o futuro das empresas se encaminha para a adoção de um formato “Digital workspace”, em dia com as demandas complexas de um mundo digitalizado com cada vez mais participação de dispositivos móveis e com as novas necessidades de trabalho dos colaboradores, que ganham status de profissionais mobile. Profissionais mobile? Ora, é uma questão de contexto: se outrora a necessidade de manter-se em constante contato com outros membros da equipe tornava a relação com clientes impessoal – já que tinha que ser feita à distância – hoje, é comum que colaboradores tenham um caráter remoto, priorizando uma aproximação mais humanizada e pessoal com clientes. É certo que hoje qualquer pessoa tem acesso à inúmeros aplicativos dedicados à comunicação disponíveis através de dispositivos variados: Messenger, WhatsApp, Telegram, Skype (no modo pessoal ou na versão Skype for Business), entre outros. Aliando isso à possibilidade de armazenamento em nuvem, temos uma vasta gama de possibilidade de troca de informações à distância entre equipes de maneira segura e organizada. Em dia com os novos paradigmas Como pudemos ver, as novas perspectivas proporcionadas pela tecnologia são mais complexas do que qualquer futurólogo do século passado poderia imaginar. Em tal cenário, é imperativo que o ambiente de uma empresa robusta se mantenha em dia com as inovações tecnológicas, como Internet das Coisas e Digital Workspace sob o risco de ficar para trás caso deixe de levar estes parâmetros em conta. Inove e faça sua empresa se destacar!


Veja mais