Conhecimento

NossosConteúdos

Filtro

Receba conteúdo exclusivo sobre Tecnologia. Se inscreva em nossa News

Fale conosco

Quer saber mais sobre nossos serviços? Vamos conversar? Tire suas dúvidas.

Quero Agendar Conversa

4 sinais que você tem um site desatualizado e não atingirá a maturidade digital / 10.04.2018

Como não cansamos de falar, a presença online de uma companhia é crítica na determinação de seu sucesso (ou fracasso). Em um mercado cada vez mais competitivo, primeiras impressões são tudo, e presenças online devem ser tão fortes como o possível. Esse panorama torna imperativa uma atenção especial a um futuro cada vez mais competitivo. Em busca da liderança, precisamos estar atentos a transformações digitais que surgem em um ritmo frenético, muitas vezes afetando a forma como consumidores interagem com sites corporativos, o que pode ser definidor na tomada de decisão de compra ou desistência. Em outras palavras: precisamos atingir a maturidade digital. E nossas atitudes são determinantes neste ponto. Mas, afinal de contas, como determinar a hora de criar um novo site dentro de um contexto de busca pela maturidade? Qual é o momento em que vemos que nosso website se encontra preso em uma “adolescência digital”? Se seu site não está em dia com os quatro elementos abaixo, cuidado, ele pode estar defasado. Confira: 1. Seu site é responsivo? Como está sua experiência de usuário? Experiência de usuário, User Experience, UX, chame como quiser, mas amadureça este processo. Ninguém gosta de um site com baixa velocidade, informações confusas, comandos falhos, páginas off-line...e experiências frustrantes são um repelente eficaz de visitantes e, consequentemente, de tráfego. Isso sem contar, é claro, a credibilidade que você está perdendo e as vendas que deixam de ser realizadas. Se seu novo site não atende às demandas de UX, você precisa reformulá-lo urgentemente. 2. Seu site conta com uma plataforma de conteúdo intuitiva? Lembre-se uma empresa madura digitalmente é orientada pela tecnologia. Logo, os processos digitais não podem ser administrados exclusivamente por uma parceria em suporte. Pelo contrário, devem fazer parte do cotidiano de todos os setores de sua organização. Em outras palavras, sua empresa deve respirar tecnologia. Ora, acabou-se o tempo em que só quem mexia em um website era um desenvolvedor com formação superior. Ainda bem! Hoje, plataformas permitem que qualquer usuário interaja com o conteúdo de seu website, atualizando-o de acordo com as necessidades. 3. Como seu site responde a acessos via dispositivos móveis? Uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) em parceria com o Instituto Ipsos apontou que o celular foi o principal meio de acesso à internet no país em 2016, com 69% dos casos. Essa situação torna correto afirmar que, hoje, é obrigatório que um site ofereça uma experiência mobile otimizada. Assim, você estará imbuído às necessidades de seus consumidores, experimentando um status de destaque em acessos remotos e fazendo parte do cotidiano de busca por informação. 4. Seu site adaptado a estratégias guiadas por dados? Outro indicador bastante relevante de maturidade digital é a capacidade de tomar decisões baseadas em analytics. Evidentemente, para tal, precisamos de um site capacitado para a coleta e análise dos dados coletados de acordo com a aprovação dos usuários. Utilizados corretamente, dados são o centro estratégico de qualquer organização madura, servindo de eixo para toda decisão. Às vezes os dados mais insuspeitos trazem consigo insights preciosos, ficando a par apenas daqueles mais aptos a tomarem decisões qualificadas. Organizações capacitadas em analytics ganham informações granulares e instantâneas para tomadas de decisão ágeis e conquista de liderança. Por isso, empresas que buscam a liderança devem investir em profissionais, tecnologias e conhecimento em analytics, preparando-se para captar, organizar, analisar e desenvolver dados, transformando-os em estratégias. Não pare por aí Estes são quatro pontos críticos que definirão se seu site está defasado ou se ruma à maturidade digital. Mas esta é apenas a ponta do iceberg. Sua empresa ainda precisará focar muitos esforços em tecnologia de maneira a transformar-se e, finalmente, atingir liderança. Para ajudar sua organização a amadurecer, desenvolvemos o Digital Marketing Maturity Model. Método de conhecimento aberto disponível gratuitamente. Interessou? Clique no banner abaixo e realize o donwload!


Veja mais   
Pensando em planejar um site? Mas você realmente precisa de um site novo?  / 07.12.2017

Qualquer empresa que se preze hoje mantém um posicionamento firme na internet. Porém, a constante renovação das plataformas e dos modos de interação por parte dos usuários geram uma necessidade de constante atualização, algo que pode até ser maleável no atendimento, mas um tanto complicado no que diz respeito a um elemento chave no posicionamento online: o website da empresa.   Quer uma reformulação completa? Pense bem!  Ora, é praticamente impossível adaptar um website a novos formatos que surgem em um ritmo semanal. Aliás, moldar-se a mudanças tão abruptas pode até mesmo afastar consumidores, pois ter de “reaprender” os caminhos de acesso constantemente pode ser muito chato. Isso sem falar em dois fatores muito importantes: tempo e orçamento. Reformular completamente uma presença virtual é um processo demorado e custoso.  Sua empresa precisa de um novo website ou de atualização?  Nestes momentos, a seguinte reflexão é muito importante: minha empresa realmente precisa de um novo website? Veja bem, às vezes o seu site não precisa de uma reformulação completa, mas sim de uma renovação dentro de sua estrutura. É dever de uma empresa parceira deixar isso claro no estabelecimento de um projeto de posicionamento online da sua empresa!  Afinal de contas, no que eu devo pensar antes de fazer um novo website?  A resposta rápida para essa pergunta pode ser um tanto desagradável: em um monte de coisas. Criar um novo website é um processo complexo que exige a aplicação de conhecimento de diversas áreas: programação, TI, comunicação, design, desenvolvimento e usabilidade...a lista segue.   De qualquer maneira, há certos elementos que podem ajudar seu site a atingir resultados:  Seu site é mobile friendly? Cada vez mais consumidores realizam pesquisas via celular. Se seu site não está adaptado ao formato, reveja seus conceitos.  Seu conteúdo é dinâmico? Você consegue interagir com seu website de maneira intuitiva e responsiva de forma a divulgar suas ideias e ações através dele?  As ações de seu site estão acopladas às redes sociais? A simples ação de criar botões de linkagem para redes sociais pode agregar muito retorno em mídia espontânea.  Seu site está adaptado ao Analytics? Com o Google Analytics você ganha insights preciosos sobre o comportamento de seus consumidores e sobre as ações de sucesso de sua marca, mas seu site deve estar adaptado a ele!  Como está o SEO de seu website? De nada adianta ser qualificado e não ser encontrado. É essencial que seu site esteja otimizado para o PageRank do Google!  Lembre-se, o site é um canal de comunicação  Em primeiro lugar, é essencial que você programe a ideia de um novo site como um projeto de comunicação. O website deve ser um veículo de difusão da qualidade do serviço ou produto oferecido por sua marca. Em segundo, pense na empresa responsável pelo desenvolvimento como uma parceira. Sim, você também terá de trabalhar em cima do novo website. Afinal de contas, sem as suas ideias, ele deixa de ser o canal de sua empresa.  E então, este post ajudou a tirar uma conclusão? Nós temos ainda mais informações para ajuda-lo neste momento tão importante. Baixe agora nosso ebook “O mínimo que você precisa saber antes de planejar um novo site”. É grátis!  


Veja mais   
Atualização do Office 365 permite pesquisas em tempo real no PowerPoint / 24.10.2017

Como parte de seu constante programa de atualização do Office 365, o pacote ganhou um novo programa de renovação para atender às diferentes demandas dos usuários (saiba mais acessando nossos posts anteriores "Office 365 passa a contar com suporte 3d" e "PowerPoint agora conta com legendas em tempo real"). No post de hoje, falaremos sobre uma atualização do Office 365 relativa ao PowerPoint que atende a desafios comuns a profissionais que constantemente lidam com apresentações: Como conquistar a atenção da plateia? Como receber insights do público de maneira organizada Como evitar distrações? Como ter certeza que a mensagem está sendo recebida adequadamente pelos membros da platéia? Trata-se do Live Survey (“Pesquisa ao vivo”, em tradução livre), solução que permite a realização de pesquisas de preferência em tempo real durante apresentações. Utilizar o Live Survey é muito simples, basta selecionar a aplicação na própria interface do PowerPoint: Após selecionar a aplicação, você poderá definir a consulta que será feita com sua plateia, criando uma questão e um conjunto de opções selecionáveis pelos espectadores. Após definir o tema e as opções do quiz, você pode selecionar o estilo do gráfico no qual os resultados serão apresentados. Após estas definições simples, o Live Survey irá criar um modelo de acesso via QR Code para que os espectadores acessem o quiz via mobile e manifestem suas preferências. Os resultados vão sendo apresentados em tempo real. Você pode selecionar opções para que cada participante possa votar em uma opção ou em quantas preferir. Os usuários podem mudar suas respostas caso considerem suas opções iniciais equivocadas. Trata-se de uma ferramenta preciosa para obter feedback da plateia e definir pontos fortes e fracos da estratégia de approach da apresentação. Além disso, o Live Survey pode ser usado para consultar se plateias de apresentações educativas estão aprendendo o conteúdo apresentado. O Live Survey está disponível gratuitamente no AppSource da Microsoft. Clique aqui para saber mais. Para saber MUITO mais sobre as novidades do Office 365, fique ligado no nosso blog e assine nossa Newsletter clicando ao lado! 


Veja mais   
Modernize seu ambiente de trabalho e a produção do seu time / 27.07.2017

Não é novidade alguma que os panoramas que regem processos tecnológicos dentro de grandes empresas geraram mudanças significativas desde o final do século XX, quando aspectos digitais eram aos poucos inseridos neste contexto. Hoje, qualquer negócio que busque um posicionamento conciso precisa estar em dia com a Transformação Digital. Ou seja, é preciso adotar abordagens táticas de TI como Digital Workspace e Internet das Coisas para não ficar para trás em termos de inovação e desenvolvimento. Mas, afinal de contas, quais são as ideias que referenciam diretrizes para este complexo novo universo, marcado por constantes novidades? A seguir, analisaremos alguns destes conceitos, confira! As perspectivas da “Internet das Coisas” Um dos frutos desta transformação digital pela qual passam as tecnologias, cada vez mais adequadas à ideia de troca e armazenamento de informações, é a Internet das Coisas (IoT – do inglês “Internet of Things”), que proporcionou novos panoramas de interação ao criar formas de transferências de dados para nuvem através de dispositivos de uso cotidiano. Seja por Rádio (RFID), Bluetooth ou Comunicação por Campo de Proximidade (NFC), a Internet das Coisas permite que devices diversos “informem” uns aos outros sobre suas operações, otimizando processos de maneira inteligente sem demandar grandes esforços administrativos por parte de seus operadores. Por si só, sua existência soluciona inúmeras questões relacionadas à automatização de processos, seja em caráter residencial e privado, ou no ambiente empresarial. Digital Workspace – um novo panorama de colaboração Às vistas de um contexto de fortalecimento e protagonismo do mobile e da Internet das Coisas, não é ousadia afirmar que o futuro das empresas se encaminha para a adoção de um formato “Digital workspace”, em dia com as demandas complexas de um mundo digitalizado com cada vez mais participação de dispositivos móveis e com as novas necessidades de trabalho dos colaboradores, que ganham status de profissionais mobile. Profissionais mobile? Ora, é uma questão de contexto: se outrora a necessidade de manter-se em constante contato com outros membros da equipe tornava a relação com clientes impessoal – já que tinha que ser feita à distância – hoje, é comum que colaboradores tenham um caráter remoto, priorizando uma aproximação mais humanizada e pessoal com clientes. É certo que hoje qualquer pessoa tem acesso à inúmeros aplicativos dedicados à comunicação disponíveis através de dispositivos variados: Messenger, WhatsApp, Telegram, Skype (no modo pessoal ou na versão Skype for Business), entre outros. Aliando isso à possibilidade de armazenamento em nuvem, temos uma vasta gama de possibilidade de troca de informações à distância entre equipes de maneira segura e organizada. Em dia com os novos paradigmas Como pudemos ver, as novas perspectivas proporcionadas pela tecnologia são mais complexas do que qualquer futurólogo do século passado poderia imaginar. Em tal cenário, é imperativo que o ambiente de uma empresa robusta se mantenha em dia com as inovações tecnológicas, como Internet das Coisas e Digital Workspace sob o risco de ficar para trás caso deixe de levar estes parâmetros em conta. Inove e faça sua empresa se destacar!


Veja mais   
Office 365 para otimizar seu trabalho em equipe / 25.07.2017

O Office 365 ficou conhecido por seus utilitários que incentivam as empresas a mudarem suas estruturas de trabalho para um caráter móvel administrado pela nuvem. Seu ambiente é caracterizado por três diretrizes básicas: Trabalho em equipe: colaboração entre equipes e setores da empresa. Operações remotas: operacionalização sem necessidade de presença física na empresa. Segurança: privacidade de dados e transparência controle de movimentações feitas por diferentes níveis de usuários. Para possibilitar essas ações, o pacote Office 365 conta com uma série de utilitários cujas funções podem revolucionar o trabalho em equipe dentro de sua empresa. Sharepoint – gestão inteligente Esqueça os velhos modelos de intranet, que funcionavam como um “mural virtual”. Com o Sharepoint, você terá uma plataforma de compartilhamento móvel inteligente na qual sua equipe pode distribuir, acessar e gerenciar conteúdo, conhecimento e aplicativos, otimizando processos de inovação e cumprimento de tarefas e reduzindo o tempo de realização e os gastos financeiros envolvidos. Com o Sharepoint, você pode unificar: Gestão de portais (internet, intranet e extranet); Aplicações Business Intelligence; Processos de aprovação; Gerenciamento de documentos; Ambientes colaborativos. Microsoft Teams x Yammer – comunicação integrada Como já comentamos por aqui, o Office 365 conta com dois utilitários que cumprem funções aparentemente semelhantes, mas com operacionalizações distintas. O Microsoft Teams, de seu lado, funciona como um espaço de trabalho baseado em chat, entre suas funções principais estão: Histórico de conteúdos e chats a qualquer momento, seja no chat da equipe ou no particular Agenda de reuniões com pequenos grupos ou com a equipe inteira Publicação de email na conversa para manter a equipe informada Pesquisa de grupos públicos para colaborar em projetos compartilhados Já o Yammer cumpre o papel de uma rede social corporativa para facilitar processos em equipe. De acordo com o modelo proposto, a aplicação oferece soluções para: Criação de grupos de trabalho para compartilhamento de conhecimento e tarefas Opção de adicionamento de colaboradores externos, clientes e influenciadores para troca de insights Opção de pesquisa de contribuições anteriores para aplicação em novos projetos Fique por dentro do que ocorre na sua empresa no feed “Descobrir” Exchange, OneDrive e Skype For Business – compartilhe conhecimento com segurança O Microsoft Office 365 também veio equipado com uma série de soluções para melhorar a performance operacional de uma empresa em campos mais específicos. Microsoft Exchange Exemplo claro de otimização de tarefas diárias dentro das empresas é o Exchange, plataforma versátil de e-mail que pode ser acessada via mobile ou desktop. O Exchange destaca-se por: Recursos de e-mail com caixas de correio maiores e mais confiáveis Melhor colaboração com o compartilhamento de documentos Recursos avançados de arquivamento, segurança e conformidade OneDrive for Business Como se sabe, o Office 365 é marcado pela ampla utilização da tecnologia de compartilhamento em nuvem para modernizar e otimizar processos dentro das empresas. Através do OneDrive for Business, colaboradores podem hospedar e compartilhar arquivos e tarefas de maneira fácil e segura. Sincronize arquivos na nuvem e acesse-os em seu navegador ou via mobile Compartilhe e colabore arquivos de qualquer lugar a qualquer momento via integração com Microsoft Mobile Projeta-se com recursos de segurança avançados Skype for Business O Skype já é velho conhecido de profissionais que cumprem tarefas nas quais contatos a distância se fazem constantemente necessários. Com o Skype for Business, a solução ganha novas ferramentas para facilitar processos dentro de empresas com mensagens instantâneas, reuniões e compartilhamento de tela. Reuniões com até 250 pessoas – colaboradores externos que não possuem conta Skype podem participar via telefone ou internet Administração de status e disponibilidade, organização e agendamento de reuniões via Outlook e bate-papo via Word e PowerPoint Mais segurança para suas conversas via autenticação e criptografia. Gerenciamento personalizado de contas e recursos de colaboradores Todas essas soluções e mais fazem parte do pacote Enterprise E5 do Office 365. Com a ajuda destas atrações e de especialistas capacitados em sua implementação e administração, os processos de sua empresa podem ser agilizados consideravelmente!


Veja mais   
Colaboração no Office 365 – Yammer ou Microsoft Teams? / 10.07.2017

O volume e a complexidade das tarefas executadas diariamente em uma empresa tornam imperativo que se encontrem formas de facilitar a interação entre as diversas mãos envolvidas nos processos. Neste contexto amplamente funcional, entram em jogo ferramentas que otimizam a comunicação e a mão de obra coletiva em torno das atividades em equipe. Curiosamente, duas das plataformas mais populares foram desenvolvidas pela Microsoft: o Microsoft Yammer e o Microsoft Teams, utilitários do Office 365 que cumprem funções aparentemente semelhantes, mas com operacionalizações distintas. Mas, afinal, como escolher a melhor opção para sua empresa? A seguir traçaremos um dossiê completo sobre ambas as plataformas, confira! Microsoft Teams – soluções integradas ambientadas na nuvem Lançado no final de 2016, o Microsoft Teams foi sedimentado a partir da nuvem global do Office 365 e oferece serviço integrado aos aplicativos do Office. Microsoft Teams – características e capacidades Criação de grupos de trabalho. Dentro dos grupos criados pode-se ter conversas personalizáveis ​​para cada equipe. Os usuários podem agendar, visualizar e atualizar suas Reuniões e podem visualizar o Calendário das Equipes . Área de trabalho: mensagens com anexos e reuniões em um espaço virtual em tempo real. A visão de atividade em Equipes torna simples ver todas as conversas individuais e de equipe que você possui. Vantagens do Microsoft Teams Compartilhar pastas: faz integração de computadores com bibliotecas SharePoint Tempo real: troca de mensagem instantânea com os membros de uma equipe, sendo salva para leitura posterior. Aplicação multi-plataforma: disponível para Windows, MacOS, iOS e Android. Canais: os canais são uma ótima maneira de ter conversas sub-tópicos com um grupo menor de usuários sem criar uma nova equipe. Tabs: com a extensibilidade da aba, os usuários podem adicionar uma guia para outros serviços de acordo com as necessidades. Se você estiver usando serviços de terceiros como o Trello para tarefas, é fácil adicionar isso em vez do Planejador. Pontos negativos: Limite de 600 membros Usuário externo não interage Administração básica Não há permalinks Compartilhamento de arquivos básicos Yammer – uma rede social personalizada para sua empresa Outro utilitário integrado ao Office 365, o Yammer basicamente transportou as funcionalidades das redes sociais para o ambiente corporativo, utilizando tudo aquilo que poderia servir aos interesses dos colaboradores de diferentes setores de uma empresa em operações compartilhadas. Yammer – características e funcionalidades Rede Social: publicação de conteúdo de forma interativa Push Notifications: Receba alertas em tempo real para novas mensagens Através da plataforma, o empregado pode se comunicar com sua equipe e colegas da organização, por meio de grupos (privados e públicos), é possível criar um espaço on-line dedicado ao contato com redes externas, como parceiros, clientes e fornecedores. O Yammer cumpre a função de um quadro de avisos digital para toda a organização Vantagens do Yammer: Rede social: layout similar ao Facebook para organizações internas, os usuários estão familiarizados com a forma de usá-lo para se envolver com os outros em sua vida pessoal. Toda a empresa: Os posts podem ser de qualquer pessoa e todos podem ver essas postagens e interagir a elas. Você pode criar grupos públicos ou privados para usuários específicos. Marcação: o recurso de marcação de tópicos em conversas ajuda os usuários a encontrar conversas por palavras-chave. Pesquisas: pode criar pesquisas para obter feedback de forma estruturada. Pontos negativos: Feed da Rede Social e Email com entrada única Controles: não há filtros de controle nas postagens Dificuldade dos usuários em encontrar informações. Estas são os prós e contras do Microsoft Teams e do Yammer. E então, conseguiu decidir qual é o melhor para sua empresa? Deixe seus insights no nosso espaço de comentários!


Veja mais